Diabetes tipo 2: muito cuidado, pode estar acontecendo com você!

19/04/2017 > por Vanessa Endringer

_Por Paulo Lessa, médico e colaborador do #CanalVE_

Que o açúcar faz mal, todos nós já sabemos!!! Ele é grande responsável por complicações no sistema imunológico, interfere na absorção de nutrientes, além de aumentar os níveis de colesterol e ser responsável pelo surgimento da diabetes tipo 2.

 

diabetes metaslider2

 

A diabetes é uma doença que causa déficit nutricional. Quando se tem diabetes tipo 2, os adipócitos (células de gordura), os miócitos (células dos músculos) e os hepatócitos (células do fígado) não respondem corretamente à insulina, e por isso o açúcar não entra nessas células, ficando na corrente sanguínea. Quando os níveis de açúcar no sangue estão altos, o organismo precisa eliminar este excesso, mas o portador torna-se resistente a ação da insulina. O tipo 2 desta patologia, representa cerca de 90% dos casos e geralmente se desenvolve por volta dos 40 anos, mas não se engane. Ela pode aparecer em qualquer idade e você é um dos maiores responsáveis se ela vai ou não fazer parte da sua vida.

 

diabetes

 

As pessoas com diabetes tipo 2 não apresentam sintomas no início, podendo ter a doença assintomática por muito anos, o que é muito comum. Os primeiros sintomas de diabetes tipo 2 podem ser:

* Sede constante.

* Infecções Frequentes. Alguns exemplos são bexiga, rins e pele.

* Feridas que demoram para cicatrizar

* Alteração visual (visão embaçada)

* Aumento da fome

* Formigamento nos pés e furúnculos

* Vontade de urinar diversas vezes, principalmente durante a noite.

 

diabetes1

 

Na presença desses sintomas, é importante visitar um médico e fazer uma investigação, pois além da genética e histórico familiar, o consumo em excesso de açúcares, gorduras trans e carboidratos junto ao sedentarismo também são grandes responsáveis pelo surgimento dela. Outros fatores de risco são: obesidade, histórico de diabetes gestacional, hipertensão, colesterol HDL baixo, insulina alterada, triglicerídeos elevados e o consumo de álcool. É importante cuidar da saúde e melhorar a qualidade de vida para evitar seu surgimento.

A Sociedade Brasileira de Diabetes recomenda como critério de diagnóstico de diabetes tipo 2 as seguintes condições:

* Glicemia maior que 200 mg/dl duas horas após ingestão de 75g de glicose.

* Hemoglobina glicada maior que 6,5% confirmada em outra ocasião (dois testes alterados)

* Uma dosagem de hemoglobina glicada associada a glicemia de jejum maior que 200 mg/dl na presença de sintomas de diabetes

* Sintomas de urina e sede intensas, perda de peso apesar de ingestão alimentar, com glicemia fora do jejum maior que 200mg/dl

* Glicemia de jejum maior ou igual a 126 mg/dl em pelo menos duas amostras em dias diferentes.

 

É importante fazer esses exames regularmente, junto com o seu check-up médico. Você que leu esta informação, passe a diante!! Fique de olho em idosos e crianças, eles podem estar apresentando a doença e ainda ninguém descobriu. Mude não só seus hábitos de vida, mas de toda a sua família e amigos!!!

___________

Siga Paulo Lessa no Instagram: @drpaulolessa

Deixe um comentário
//